segunda-feira

KIM PRISU

FOTO PARIS. Jean Marie LERAT@

http://videomatik-kim-prisu.blogspot.com/


Joaquim António Gonçalves Borregana
dito
Kim Prisu
Nasceu em 1962, em Aldeia da dona, no distrito da Guarda, Portugal. Foi levado aos nove meses para terras de França.
A sua arte surge no contexto do movimento da denominada nova figuração que defendia um regresso `a pintura-pintura, como oposição ao domínio das várias tendências conceptuais que dominavam o panorama artístico desde os anos 60/70. Este movimento teve tantas denominações como os diferentes países onde surgiu: Novos Expressionistas ou Novos Fauves na Alemanha, Trans-Vanguarda em Itália, Bad-Panting nos Estados Unidos e Figuração Livre em França. Em comum, o já referido regresso à pintura-pintura, ao cavalete, à paleta, aos pincéis, às cores a óleo.
A Arte de Kim Prisu em Paris era completamente “Videomatik”: um universo de forte ressonância, enriquecido por uma multidão de Culturas urbanas e a doce violência da natureza do campo luminoso, o que conferiu à sua obra um forte contraste entre as cores duma sociedade de consumo (Eléctricas e saturadas) e as da Terra nutridora.
Em Paris Kim Prisu alcançou as galerias da avenida Matignon onde expôs com obras de J. M Basqiat,, Keith Haring , R.Combas, H Dirosa, Bazooka , Olívia TV Clavel, os Ripoulins, Francky Boy, Speedy Graphito, os VLP, Nuklé-Art, entre outros.
A sua obra está submetida a uma permanente transformação, existindo uma relação entre as tensões exteriores e interiores, a representação expressiva dos estados humanos, uma expressão de Médium, numa crítica das suas possibilidades artísticas e sociais.
Poesia do efémero, ligação entre os elementos textuais que escapam a qualquer lógica evidente, poética fragmentária; conduzindo-se aos saltos, sendo por vezes contraditória da realidade.
Actualmente, continua no mesmo conceito de arte total com o Mundo dos Inteiros que criou em 2003, conjuntamente com A. Xavier e P. Proença, destacando-se S. Maresia, V. Coragem, R. Maló, Espinal Medula e Flávio Andrade, com os quais faz poesia/ performances, dramas e pintura, colaborando também regularmente com Américo Rodrigues e o teatro Aquilo.
Kim Prisu é um Artista Plástico de sensibilidade apurada, reservado numa grande humanidade. Costuma deambular sem destino, plantando árvores com o seu amigo o pintor VR. Testemunha do seu tempo, sem o atestado das palavras e das motivações explícitas, com um olhar sobre a vida, cheio de impressões da nossa época; acaba-se o período dos encantos, grande é a confusão por debaixo dos céus, mas sempre surpreendido pela dimensão deste planeta.

7 Comments:

Anonymous EDUARDO LOURENÇO said...

GOSTEI MUITO DO BLOG DO PINTOR

2:32 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Grande artista este rapaz.
Pena que não tenham os olhos bem abertos para olhar para ele como deve de ser.
Adoro as suas pinturas, refulgentes de prismas electricos e sonhos por descobrir.

12:26 da manhã  
Anonymous sergio de castro said...

Grande pintor temos nos aqui em Portugal. E pena que não compreendo o Francês.

9:07 da manhã  
Anonymous Ouvinte de rádio said...

Programa As Horas do Improviso.

104.08, todas as quintas feiras às 22h00.
Apresentação de Paulo Nobre

6:33 da tarde  
Anonymous filipa mendes said...

Como é que a vida pode ter tanta cor eléctrica. Muita vida na obra de este Artista é que já estou farto de ver obras cheias de vazio como dizem minimalistas, aprendi muito sobre a pintura ligada as nova figuração, fui ao site do colega do pintores (KRIKI) quando ele ainda era Nuklé-art. Os inteiro que visualizei no site do Flankus, gostava de os ver numa performance um dia deste é que eu moro em Almada. Gostei de tudo em particular dos desenhos que tem expostos na Setcom, boa continuação para mudar as corres de este mundo. Abraço.

1:46 da tarde  
Anonymous nashoras said...

Grande Kim, tu és grande, apesar de não seres alto, vês a vida por cima.
Um abraço imenso e espero que sigas sempre em frente no teu caminho.
Pinta sempre, pinta agora... pinta.

4:44 da tarde  
Blogger sem cantigas said...

sim o kim prisu é muito bonito! acho piada à biografia, isso importa? :-)

11:47 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home

Free Counter
Free Counter Estou no Blog.com.pt